Formação poética

Além da aprendizagem informal ao longo das atividades, as formações e conversas são propostas em formato não formal e experimental. Porque também se pode aprender a escrever, parte-se de um ponto de vista transdisciplinar e, por isso, são integrados conceitos e temáticas de áreas como o design, o teatro, a estética, a literatura, as artes visuais, a performance e spoken word, o artesanato, entre outras. Não esquecendo o poeta que vive em cada criança, há oficinas dirigidas a elas e às famílias.

Para mim pessoalmente trouxe a calma, descansei nos olhares dos cães e das pessoas com quem partilhei esta experiência, foi trabalho, mas trabalho desse que cura, que faz relaxar a pele e os órgãos interiores. Foi um interessantíssimo intercâmbio intelectual, cultural, pessoal… (…) porque isso é a poesia: muitos olhares sobre o mesmo mundo com diferentes direções e unidas pela força da palavra, das imagens, da vida que está a suceder nesse momento.

Silvia Penas
poeta e performer galega